• MOÇAMBIQUE/NYUSI RENOVA PEDIDO DE APOIO À MEMBRO NÃO PERMANENTE DA ONU
vm

Moçambique pede apoio para entrar no Conselho de Segurança da ONU

A ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Verónica Macamo, apelou aos Estados-membros da ONU para que apoiem o país na sua candidatura a membro não-permanente no Conselho de Segurança.

Na sua intervenção na 76.ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), esta segunda-feira (27.09), em Nova Iorque, Verónica Macano abordou a candidatura de Moçambique a membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas para o período 2023-2024, apelando para o apoio por todos os Estados-membros da ONU “para a materialização deste objetivo”. 

“A nossa candidatura constitui a expressão do nosso firme compromisso com a construção e manutenção da paz e segurança internacionais, a preservação e respeito pelos direitos humanos e a promoção do desenvolvimento sustentável”, defendeu a governante.

Segundo a ministra, Maputo pretende “colocar a disposição das Nações Unidas a modesta, mas razoável, experiência de Moçambique na prevenção, mediação e resolução de conflitos com recurso ao diálogo”.

Candidatura moçambicana

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, lançou oficialmente, na quinta-feira passada, a candidatura do país a membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas no mandato 2023/24, com a paz como prioridade.

Share on:
Anterior
mnec
Internacional

Mensagem de Sua Excelência Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação

Leave a Reply

Your email address will not be published.