• MOÇAMBIQUE/NYUSI RENOVA PEDIDO DE APOIO À MEMBRO NÃO PERMANENTE DA ONU
Fotografia Jubilee House

Gana manifesta apoio à candidatura de Moçambique ao Conselho de Segurança da ONU

O Presidente do Gana, Nana Akufo-Addo, manifestou apoio do seu país à candidatura de Moçambique a membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas para o biénio 2023-2024

Addo deixou claro esse apoio ontem ao seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, que desde domingo realiza uma visita de Estado àquele país da África Ocidental.

“Senhor Presidente, eu gostaria de assegurar-vos que, na votação dos membros em Junho, Gana vai apoiar a candidatura de Moçambique, pois quer assegurar que as vozes de África sejam ouvidas de forma alta e clara sobre áreas que afectam o continente e sobre questões globais”, disse.

Esse apoio é expresso numa altura em que se aproxima a data da eleição dos membros do Conselho de Segurança, a ter lugar a 9 de Junho, em Nova Iorque, Estados Unidos da América, durante a Assembleia-Geral das Nações Unidas.

O Chefe de Estado ganês defendeu a necessidade de todos definirem o interesse africano, como também impulsionar a agenda global para a reforma das Nações Unidas.

Esta é a primeira vez que Moçambique se candidata a membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas em 46 anos de filiação a esta organização mundial. A ser eleito membro, vai substituir o Quénia.

A presença e actuação de Moçambique no Conselho de Segurança da ONU estão em consonância com os princípios da política externa do país, nomeadamente primazia da solução negociada e pacífica dos conflitos; não-ingerência nos assuntos internos e reciprocidade de benefícios; prossecução de uma política de paz; respeito pelos direitos humanos e pelo primado da lei; desarmamento geral e universal de todos os Estados e estabelecimento de relações de amizade e cooperação com outros países na base de respeito mútuo pela soberania e integridade territorial, igualdade.

Share on:
Anterior
JORNALISTA SALOMAO MOIANE
Nacional

Salomão Moiane: “Nosso país tem muito a oferecer ao mundo”

Próxima
ACADEMICO JAMISSE TAIMO
Nacional

“O país levará à ONU a ideia de que o diálogo supera o poder das armas” – defende Jamisse Taimo

Leave a Reply

Your email address will not be published.